INHACORÁ LANÇA PROJETO CULTURAL INTITULADO “SEM MEMÓRIAS NÃO HÁ HISTÓRIA”

A Prefeitura Municipal de Inhacorá, no dia 03 de dezembro de 2020, nesta quinta-feira, realizou o lançamento oficial do Projeto Cultural “Sem Memórias, não há História”, que pretende fazer um resgate histórico do município. No dia do evento, estavam presentes autoridades locais e regionais, servidores públicos, coordenadores pedagógicos e professores da rede municipal e estadual de ensino. Todos os cuidados para evitar a contaminação pelo Covid-19 foram tomados, sendo que todos os convidados foram orientados a usar máscaras e a respeitar as regras de distanciamento social. Apesar da pandemia, a iniciativa vem em boa hora, pois mais do que nunca uma das coisas que mais precisamos neste momento é de nossas memórias afetivas, de algo que faça nos sentir maior que nós mesmos. O diretor do projeto Nathan Rolim destacou a importância da valorização da cultura do município de Inhacorá, despertando o interesse da comunidade para a preservação de suas memórias, em um momento que estamos tão vulneráveis.

O projeto pretende auxiliar os munícipes no desenvolvimento de uma identidade sociocultural comum, haja vista a falta de informações e lacunas históricas que não devem se perpetuar a longo prazo. Resgatar a nossa história e a de nossos antepassados é uma forma de respeitar e reverenciar àqueles que nos precederam e que tanto lutaram pela construção da cidade e de uma sociedade melhor. Voltar ao passado nos ajudará a entender o presente e a olhar o horizonte do futuro com maior lucidez, pois já dizia um antigo ditado: “quem não sabe de onde vem, não sabe para onde vai”.

Inhacorá é um pequeno município localizado no noroeste gaúcho com pouco mais de 2.300 habitantes, mas riquíssimo em História. O nome da cidade provém da língua indígena tupi-guarani e significa “campo cercado pela natureza”. Apesar de ter apenas 28 anos de emancipação, acredita-se que Inhacorá tenha cerca de 400 anos de História. Constituir um legado às diferentes gerações, salvaguardar o patrimônio histórico material e imaterial, democratizar o acesso a tais informações, são algumas das finalidades deste projeto, que será implementado por meio de um plano de ações e estratégias, que nos assegurem a perpetuação de uma continuidade histórica, de atores sociais que foram protagonistas de uma determinada época e que não devem ocupar o papel do anonimato.

Dentre as atividades propostas, há a criação de um Arquivo Histórico Municipal, a realização da I Exposição de História Audiovisual, campanhas de arrecadação de fotografias, documentos, filmagens de entrevistas com moradores mais antigos, criação de um grupo de estudos regional, resgate de registros paroquiais e cartoriais, mapeamento de cemitérios e patrimônio histórico, lançamento de um site com a disponibilização integral dos acervos para consulta e pesquisa, e, por último, o lançamento de um livro histórico, que possa contar, através de uma “nova” narrativa, o desenrolar da História de Inhacorá, perpassando pelos índios, o período das reduções jesuíticas e a exploração de seus grandes ervais, no século XVII, até chegar na colonização da vinda das primeiras famílias, majoritariamente portuguesas, e na formação da Vila, popularmente conhecida, a partir dos anos de 1930, como “Três Vendas do Inhacorá”.

Se você se interessou pelo projeto e quiser saber mais informações, pode nos acompanhar pelas redes sociais, no Facebook e no Instagram @semmemóriasnãoháhistória. Sabemos que muitas pessoas oriundas de Inhacorá, acabaram deixando o lugar, por isso a nossa presença online é fundamental, para que possamos (re)contatar, (re)conectar e promover um encontro entre as diferentes gerações. Você pode entrar em contato com o Diretor do Projeto, através dos telefones  (55) 99608-4354 / 99601-4354 ou por e-mail nathanrolim@hotmail.com. Também podendo entrar em contato com a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto da Prefeitura Municipal de Inhacorá, através dos telefones (55) 3785-1110 / 3785-1055 ou por e-mail smec@inhacora.rs.gov.br.

Ajude-nos a compartilhar esta ideia! #memóriasehistória

Check Also

Em Inhacorá a Educação Fiscal começa na Pré Escola

Durante o mês de agosto de 2021 a E.M.E.I. Criança Feliz desenvolveu o Projeto “BRINCANDO …